A Voz do Povo do Oeste

Justiça determina afastamento de vereador de Toledo investigado por concussão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Segundo o MP-PR, Gilson Francisco (Cidadania) exigiu que assessor parlamentar fizesse empréstimo consignado de R$ 44 mil e repassasse R$ 32 mil para ele como garantia da manutenção do cargo do servidor. Vereador Gilson Francisco (Cidadania) foi afastado do cargo, em Toledo
Divulgação/Câmara Municipal de Toledo
A Justiça determinou o afastamento do vereador Gilson Francisco (Cidadania), de Toledo, no oeste do Paraná. Ele é investigado por suspeita de concussão, que é quando um agente público exige, para si ou para outro, vantagem indevida em razão do cargo que ocupa.
A decisão tem caráter liminar e foi publicada na terça-feira (23).
Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o vereador é investigado por ter exigido que um assessor fizesse um empréstimo de R$ 44 mil e repassasse R$ 32 mil para o parlamentar como garantia de manutenção do servidor comissionado no cargo.
O caso também está sendo apurado pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Toledo.
A liminar determina que o vereador não frequente a Câmara Municipal de Toledo e não tenha contato com pessoas relacionadas ao processo.
A promotoria pediu a prisão preventiva de Gilson Francisco e a suspensão do salário dele, mas estes pedidos não foram aceitos pela 1ª Vara Criminal de Toledo.
O g1 entrou em contato com o vereador e aguarda o retorno.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região em g1 Paraná

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima