A Voz do Povo do Oeste

Jovem da Região de Curitiba está há nove dias desaparecida após passar feriado no litoral de SC, diz família

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Amanda foi vista pela última vez em uma balada de Florianópolis, de acordo com o advogado da família. Policiais Civil de Paraná e Santa Catarina investigam o caso. Amanda foi vista pela última vez em balada de Santa Catarina
Divulgação/Polícia Civil
Uma jovem de 21 anos, moradora em Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba, está desaparecida há nove dias, de acordo com a família.
Amanda Albach viajou com um casal de amigos para passar o feriado de 15 de novembro em Imbituba, litoral de Santa Catarina, e não foi mais vista. As Polícias Civis do Paraná e Santa Catarina investigam o caso.
Corpo de jovem queimada em Curitiba é identificado mais de um mês após o crime
Segundo o advogado da família de Amanda, Michael Pinheiro, o último contato feito pela jovem foi na noite do dia 15 de novembro.
“Ela mandou uma mensagem para os pais, por volta das 20h40, dizendo que voltaria de madrugada para Fazenda Rio Grande. A partir daí, não se teve mais nenhuma notícia sobre ela. O celular está desligado e a Amanda nunca mais acessou o WhatsApp”, afirmou.
De acordo com o representante da família, o casal de amigos alega ter visto a jovem pela última vez em uma balada na Praia de Jurerê, em Florianópolis.
“Estes amigos dela falaram que saíram da festa e não a viram mais. Estamos com dificuldade de ter contato com outras pessoas que estiveram com ela. A família realizou o Boletim de Ocorrência no Paraná e a Polícia Civil de Florianópolis também está investigando”, disse o advogado.
Conforme a família, a jovem passou, há três meses, a viajar com frequência para Santa Catarina, onde trabalhava com promotora de vendas.
“Ela sempre deu notícias, nunca aconteceu de desaparecer assim. A família está muito preocupada e eu estou prestando todo o apoio para eles”, concluiu Michael Pinheirio.
Amanda tem uma filha de dois anos e, sempre que viajava, falava com ela diariamente. De acordo com o advogado da família, foi feito um pedido de quebra dos sigilos bancários e telemático.
Quem souber informações sobre Amanda pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone: (41) 3608-7200.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região em g1 Paraná

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima