A Voz do Povo do Oeste

policia-investiga-desaparecimento-de-mae-e-filho-em-foz-do-iguacu;-pais-brigam-na-justica-pela-guarda-da-crianca

Polícia investiga desaparecimento de mãe e filho em Foz do Iguaçu; pais brigam na Justiça pela guarda da criança

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Segundo o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas, investigação aponta que mãe fugiu com o filho Sama. Caso está sendo apurado desde 23 de dezembro, quando os dois foram vistos pela última vez. Sama e Patrícia foram vistos pela última vez no dia 23 de dezembro, segundo o pai da criança
Arquivo pessoal
A Polícia Civil está investigando o caso de desaparecimento da mãe Patrícia Garcia Adorno e o filho Sama Ñamandu Moreira Garcia, de um ano e meio. Eles foram vistos pela última vez no dia 23 de dezembro, na Vila C, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. A mãe briga na Justiça pela guarda da criança.
De acordo com o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento dos dois foi registrado pelo pai do menino, que tem a guarda da filho.
O Sicride informou que, até o momento, a investigação aponta que a mãe fugiu de casa com a criança. O caso está em andamento e os dois estão sendo procurados pela Polícia Civil.
Mãe diz que perdeu guarda do filho por ser vegana; Justiça do Paraná aponta negligência nos cuidados com a criança
Conforme o pai da criança, Julio Moreira, a mãe tem o direito de ficar com o filho durante sete horas e meia por dia. O pai informou que soube do sumiço dos dois quando foi buscar o filho na casa da mãe, mas percebeu que o lugar estava escuro e sem o carro dela na garagem.
O caso do menino Sama repercute nas redes sociais desde que a mãe perdeu a guarda da criança. À época, a Justiça tirou a criança da mãe por entender que houve negligência nos cuidados da mãe, mas a defesa dizia que Patrícia não foi ouvida para se defender.
O G1 tenta contato com a advogada de Patrícia.
Segundo o pai, a família de Patrícia mora em Cidade do Leste, no Paraguai, e disse a Moreira que também não tinha informações sobre os dois.
Julio Moreira disse estar preocupado com o filho, que passa por acompanhamento médico e recebe medicação contínua.
“Estou muito angustiado, desesperado. Estou tratando isso com psicoterapia e tentando encontrar uma saída para suportar tudo isso”, contou.
O desaparecimento ocorreu após a mãe conseguir na Justiça mais tempo para ficar com a criança. Anteriormente, ela podia ficar com o filho três horas por dia para amamentá-lo.
Informações sobre a mãe e filho podem ser passadas pelo o telefone 181.
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima