A Voz do Povo do Oeste

com-rodizio-suspenso,-consumo-de-agua-em-curitiba-e-regiao-metropolitana-aumenta-15%-no-natal,-diz-sanepar

Com rodízio suspenso, consumo de água em Curitiba e região metropolitana aumenta 15% no Natal, diz Sanepar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Aumento no consumo de água gerou impacto no nível das barragens do SAIC, que vinham subindo em função das chuvas. Rodízio está suspendo desde 22 de dezembro e continua até o dia 3 de janeiro. Reservatórios que abastecem a região de Curitiba estão em 40%
Entre 23 e 27 de dezembro, a população de Curitiba e região metropolitana consumiu 15,4% a mais de água em relação ao período de 1ª a 22 deste mês, de acordo com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).
O rodízio no abastecimento de água está suspendo desde 22 de dezembro e continua até o dia 3 de janeiro. A medida foi possível devido ao volume de chuvas do final de novembro e início de dezembro.
Entretanto, com a suspensão do rodízio, esse aumento no consumo de água gerou impacto no nível das barragens do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC), que vinham subindo em função das chuvas. Confira os números mais abaixo.
A companhia informou que, em média, por dia, a população consumiu 108,8 milhões de litros de água a mais no período de Natal.
Ainda conforme a Sanepar, somente na quinta-feira (24), véspera de Natal, foi registrado um consumo de quase 160 milhões de litros, que equivalem a um aumento de 22,5% – em relação à média diária de 1º a 22 de dezembro.
Com rodízio suspenso, consumo de água em Curitiba e região metropolitana aumenta 15% no Natal
Anderson Viegas/G1
Barragens mais vazias
Na terça-feira (22), o nível dos reservatórios do SAIC de Curitiba e região metropolitana estava em 40,86%. A última vez que o nível das barragens havia atingido a este patamar tinha sido em maio deste ano.
Nos primeiros 15 dias de dezembro, o acumulado de chuva foi de 160,6 milímetros, segundo a Sanepar.
Nesta segunda-feira (28), o nível caiu para 40,81%, apontou a companhia.
Consumo de água em Curitiba e região metropolitana aumenta 15% no Natal
Reprodução/RPC
A companhia ressalta que, historicamente, há um aumento de consumo de cerca de 5% neste período de festas de fim de ano – o que significa um consumo a mais de 400 litros de água por segundo, o suficiente para atender uma cidade com aproximadamente 150 mil pessoas.
Em agosto, quando começou o rodízio mais rigoroso – com um dia e meio de corte e um dia e meio com água na torneira – o nível médio das barragens estava em 28,85% – considerado, na época, o pior nível da história da medição da companhia.
Entretanto, em novembro, o nível registrado foi ainda menor: 26,7%.
QUIZ: Teste e descubra o quanto você gasta de água nas tarefas do dia a dia
Especialistas dão dicas para economizar água
Pior estiagem registrada no Paraná; foto de agosto de 2020
Weliton Martins/RPC
Bairros com rodízio
A suspensão do rodízio durante este período não contempla alguns bairros de cinco cidades, que não fazem parte do SAIC. Veja quais são e os dias em que o abastecimento será interrompido.
Almirante Tamandaré
Colombo
Quatro Barras
Tijucas do Sul
Bocaíuva do Sul
Nestas cidades a captação de água é feita por meio de poços e, neste caso, as chuvas não alteraram a disponibilidade de água.
Veja a transformação da paisagem provocada pela pior seca registrada no Paraná; FOTOS
Sanepar suspende venda de água por meio de caminhões-pipa para casas e condomínios
Assista aos vídeos da série ‘A Gota d’Água’:
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima