A Voz do Povo do Oeste

crianca-que-ficou-gravemente-ferida-em-acidente-na-lapa-nao-estava-na-cadeirinha,-diz-prf

Criança que ficou gravemente ferida em acidente na Lapa não estava na cadeirinha, diz PRF

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


O acidente aconteceu foi no fim da tarde de sexta-feira (25), na Região Metropolitana de Curitiba. Ainda conforme a PRF, o motorista trafegava em alta velocidade e chegou a capotar três vezes após perder o controle da direção. Carro capotou três vezes durante o acidente, segundo a PRF
Divulgação/PRF
A criança de seis anos, que ficou gravemente ferida no capotamento na BR-476, na Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, não estava na cadeirinha no momento do acidente, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a falta da cadeirinha é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293 e perda de sete pontos na carteira.
Criança de 6 anos fica gravemente ferida após capotamento na BR-476, na Lapa
O acidente aconteceu foi no fim da tarde de sexta-feira (25). Ainda conforme a PRF, o motorista trafegava em alta velocidade e chegou a capotar três vezes após perder o controle da direção. A criança foi lançada para o lado de fora do veículo após o acidente.
De acordo com familiares, o motorista tem 17 anos. A família estava indo passear em uma cachoeira na região, quando ocorreu o acidente.
Além da criança, que foi levada de helicóptero para o Hospital do Rocio, em Campo Largo, havia mais seis pessoas dentro do carro, que também ficaram feridas.
A criança teve fratura exposta em um braço, traumatismo craniano e trauma no tórax. Na manhã desta sexta (26), o hospital informou que ela está internada na UTI pediátrica e que o estado de saúde ainda é grave. A criança passou por um tratamento neurocirúrgico, e os médicos aguardam a evolução clínica.
Os demais feridos foram levados para hospitais da região. Entre eles a mãe da criança, que sofreu uma fratura na clavícula e foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Todos eles já receberam alta, segundo familiares.
A PRF também disse que o motorista não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. A família disse que ele estava esperando completar a maior idade para tirar a carteira.
Além disso, os policiais também identificaram várias irregularidades no veículo. O condutor foi encontrado pouco tempo depois no pronto-socorro da Lapa.
Um inquérito foi aberto para investigar o caso.
Criança foi socorrida e levada de helicóptero para o Hospital do Rocio, em Campo Largo, também na Região de Curitiba
BPMOA/Reprodução
Vídeos : mais assistidos do Paraná
Veja mais notícias no G1 Paraná.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima