A Voz do Povo do Oeste

Bombeiros retomam buscas por criança com cão que ajudou no resgate em Brumadinho

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O soldado do Corpo de Bombeiros em Sinop, Bruno Ferreira Lima e o cão Luke já estão em Lucas do Rio Verde para ajudar nas buscas por Heitor, de 2 anos, que está desaparecido desde quinta-feira à tarde. O binômio, como é conhecida a dupla (militar e cão) participou do resgate de vítimas no soterramento da mineradora em Brumadinho (MG).

Esta manhã, o major e comandante do Corpo de Bombeiro de Lucas, Alex Queiroz da Silva disse, ao Só Notícias, que nada foi encontrado. “O primeiro animal que utilizamos faz as buscas pelo cheiro característico da criança. Agora, o que estamos utilizando, vai buscar independente da pessoa, é possível fazer as buscas. Por isso, até estamos pedindo para pessoas que não fiquem na área. O primeiro cão indicou até a rodovia e depois perdeu o rastro”.

Ainda de acordo com o major, a Polícia Civil também trabalha no caso por acreditar num possível sequestro da criança. “Estamos trabalhando com várias hipóteses. Uma delas é que ele tenha sido levado. Temos conversado com a Polícia Civil que investiga essa possibilidade. Uma pessoa que passou pelo local, no horário que ocorreu o fato e relatou que viu a criança na às margens da MT-449. Afirmou ainda que não parou porque viu pessoas próximas e pensou que fossem parentes. Depois que ficou sabendo do desaparecimento relatou isso para polícia também. Isso reforça ainda mais a possibilidade pelo sequestro da criança”.

Conforme Só Notícias já informou, os pais e o menino residem em Campo Novo dos Parecis e foram a Lucas passar o Natal com a avó da criança. Na quarta-feira à tarde, por volta das 15h, na véspera de natal, teria ocorrido queda de energia, o pai e mãe saíram para resolver o problema e a criança teria desaparecido.

Ele foi visto na sexta-feira, pela última vez, próximo à casa da fazenda, às margens da MT-449 e perto da Fundação Rio Verde. Apesar da angústia e sofrimento dos pais e demais familiares no dia Natal, houve gestos de solidariedade. Cerca de 100 pessoas, voluntárias, também ajudaram fazendo buscas na área plantada de soja e ampliaram a ‘varredura’ para cerca de três mil metros, até as margens do rio Verde.

As buscas também foram feitas com ajuda do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e outro de um morador de Lucas do Rio Verde.


Fonte Alta Notícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima