A Voz do Povo do Oeste

justica-autoriza-saida-temporaria-de-fim-de-ano-de-1,4-mil-presos-no-parana

Justiça autoriza saída temporária de fim de ano de 1,4 mil presos no Paraná

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Segundo Depen, objetivo da medida é a ressocialização de presos por meio do convívio familiar, além do mecanismo de recompensas pela disciplina do detento. Após retorno, detentos cumprirão protocolo contra Covid-19. Cerca de 1,4 mil presos terão direito à saída temporário no fim de ano no Paraná
Divulgação/Depen
A Justiça do Paraná liberou cerca de 1,4 mil presos que cumprem regime semiaberto para passar as festividades de fim de ano em liberdade. As saídas começaram na última sexta-feira (18).
Segundo o Departamento Penitenciário (Depen), o objetivo da medida é a ressocialização de presos por meio do convívio familiar, além do mecanismo de recompensas pela disciplina do detento.
Ainda de acordo com o Depen, na região de Curitiba, 198 presos serão contemplados pelo benefício. Parte desse grupo foi liberado na sexta-feira (18) e outra parte sairá nesta quarta (23).
Outros 820 detentos da Colônia Penal Agroindustrial do Paraná (CPAI), na região da capital, que têm direito à saída temporária, estão em casa há alguns meses por conta da pandemia do novo coronavírus.
Todos devem retornar à unidade penal em 22 de janeiro.
Interior
Em Londrina, no norte do Paraná, 280 presos serão beneficiados. O primeiro grupo foi liberado na última sexta-feira (18), com retorno previsto para 28 de dezembro.
Um outro grupo terá a saída temporária no domingo (27), para a comemoração do Ano Novo, com retorno em 7 de janeiro.
Em Maringá, 70 presos poderão passar o Natal com a família. A saída acontece na Colônia Penal Industrial de Maringá (CPIM) nesta terça-feira (22), com retorno previsto para 28 de dezembro.
Na região dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, 60 presos terão direito à saída temporária de Natal e Ano Novo.
Eles serão liberados nesta terça-feira (22), com retorno previsto para 5 de janeiro.
Covid-19
Diante da pandemia da Covid-19, o Depen instaurou um protocolo para o retorno dos presos.
Segundo o departamento, para evitar o contágio nas unidades penais, os presos beneficiados com a saída temporária permanecerão em isolamento pelo período de 14 dias após o retorno.
Caso não sejam constatados sintomas, eles serão liberados para o convívio com os demais presos da unidade penal.
VÍDEOS: Paraná

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima