A Voz do Povo do Oeste

falta-de-profissionais-da-saude-impede-abertura-de-20-leitos-de-enfermaria-covid-19,-em-cascavel

Falta de profissionais da saúde impede abertura de 20 leitos de enfermaria Covid-19, em Cascavel

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Governo do Paraná fez parceria com hospital particular para abrir novos leitos de enfermaria na cidade, mas sem recursos humanos, apenas metade dos leitos ofertados devem ser ativados. Novos leitos exclusivos para Covid-19 devem ser abertos em Cascavel
A falta de profissionais da saúde está impedindo a abertura de 20 leitos de enfermaria para pacientes com a Covid-19, no Hospital do Coração, em Cascavel, no oeste do Paraná, segundo a 10ª Regional de Saúde.
De acordo com a regional, o governo do Paraná fez uma parceria com o hospital particular e cedeu 20 respiradores e monitores para a abertura dos leitos e criação da ala Covid-19 na unidade, mas sem os recursos humanos, a expectativa é de que apenas metade dos leitos sejam ativos na quarta-feira (24).
Coronavírus no Paraná: veja as principais notícias sobre a pandemia
Para que a infraestrutura possa ser utilizada, o hospital busca contratar 60 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas.
“É uma situação muito difícil, nossos profissionais de saúde estão exaustos, não temos mais profissionais. Mesmo os recém-formados foram absorvidos e mesmo assim a gente não consegue colocar mais pessoas para trabalhar. Ter leitos não é garantia que vão servir bem. Não podemos acreditar ou nos deixar levar pela informação que existem leitos. Mesmo se existir leito, não há garantia nenhuma de que indo para esse leito vamos sair vivos de lá”, disse o diretor da 10ª Regional de Saúde.
A equipe do Hospital do Coração prepara a unidade com os novos leitos desde o fim de semana, conforme a direção.
Com a parceria do governo, apesar do hospital ser particular, as vagas serão ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até esta segunda-feira (21), Cascavel registrou 15.001 casos confirmados do novo coronavírus e 214 mortes pela Covid-19. A cidade conta com 799 casos ativos da doença.
Falta de profissionais impede abertura de leitos em Cascavel
RPC/Reprodução
Assis Chateaubriand
Conforme o diretor da 10ª Regional de Saúde, João Gabriel, outras cidades também enfrentam dificuldades na contratação de pessoal.
Em Assis Chateaubriand, 14 monitores cardíacos estão parados por falta de profissionais. Os equipamentos são essenciais para ativação de mais leitos.
A expectativa da regional é que dos 14, sete deles serão abertos até o final da semana na cidade.
Segundo o diretor, a equipe necessária para atender esses leitos precisa ser grande, pois alguns profissionais acabam sendo afastados por causa de atestados.
“Quem está trabalhando, geralmente, está cobrindo alguém que está afastado porque pegou Covid-19. O índice de afastamento de profissionais hoje é muito grande. As equipes já estão dobrando escalas, fazendo hora extra, então está todo mundo muito cansado e a gente nota que os hospitais não conseguem. Assis Chateaubriand está com equipamento para abrir leito, mas não abriu porque não conseguiu fechar o quadro. Aqui temos situação semelhante, pois abririam 20, mas não conseguem por causa disso. Estamos para abrir leito de enfermaria em Corbélia, já foi feita proposta pelo Hospital Santa Simone para 17 leitos, mas o maior desafio deles é recursos humanos.”
VÍDEOS: Vacina contra a Covid-19 no Paraná
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima