A Voz do Povo do Oeste

nova-cepa-do-coronavirus,-mais-contagiosa,-e-registrada-tambem-na-italia

Nova cepa do coronavírus, mais contagiosa, é registrada também na Itália

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Itália detectou, neste domingo, o primeiro caso de contágio de uma nova cepa do coronavírus, identificada pela primeira vez no Reino Unido e que pode ser mais contagiosa, após decidir suspender voos desse país. 

Em nota divulgada à noite, o Ministério da Saúde especificou que um paciente infectado com a nova cepa foi identificado na Itália, no hospital militar Celio, em Roma.

Este centro revelou “o genoma do vírus SARS-CoV-2 de um indivíduo que testou positivo para a variante [do novo coronavírus] encontrada nas últimas semanas no Reino Unido”, aponta o comunicado.

O paciente voltou recentemente deste país de avião e ele e seus familiares estão em quarentena, segundo a mesma fonte.

Mais cedo, a Itália havia anunciado a suspensão dos voos do Reino Unido.

“O Reino Unido lançou um alerta sobre uma nova forma de Covid-19 que seria o resultado de uma mutação do vírus. Como governo, temos o dever de proteger os italianos e, por essa razão, vamos assinar com o ministro da Saúde um decreto para suspender os voos com o Reino Unido”, escreveu Luigi Di Maio, ministro das Relações Exteriores, em sua conta no Facebook, sem especificar quando esta medida entrará em vigor.

Segundo a rede Sky TG-14, o aeroporto de Fiumicino, o principal de Roma, bloqueou os embarques em voos com destino Reino Unido.

“Assinei uma nova ordem que bloqueia os voos procedentes do Reino Unido e proibiu a entrada na Itália de pessoas que tenham estado lá nos últimos 14 dias”, indicou o ministro da Saúde, Roberto Speranza, em um comunicado.

“Todos aqueles que estiverem na Itália procedentes deste território devem fazer um teste, de antígeno ou molecular”, acrescentou o comunicado, no qual se perdia para exercer a “maior prudência possível”.

A decisão chega no dia seguinte ao anúncio do primeiro-ministro britânico Boris Johnson sobre o reconfinamento de Londres e partes do sudeste da Inglaterra até 30 de dezembro.

O líder britânico relacionou o aumento de casos de Covid-19 nessas áreas com a nova cepa do coronavírus descoberta por lá que, segundo ele, poderia ter até 70% mais infecciosa.

Por conta disso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos seus membros europeus neste domingo para “reforçar seus controles”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima