A Voz do Povo do Oeste

Guedes afirma que auxílio emergencial possivelmente acabará neste mês

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou do evento online “Asia Summit”, promovido pelo Milken Institute nesta quarta-feira (9) e afirmou que o governo está reduzindo gradativamente o auxílio emergencial, e que possivelmente, o pagamento deve terminar neste mês de dezembro.

Segundo Guedes, o Brasil lidou positivamente com a pandemia, se comparado com outras economias.

Guedes também disse que “há apenas dois dias, o presidente deu outro sinal, o anúncio de que auxílio emergencial, que ajudou na recuperação, será removido em 31 de dezembro. Nós já reduzimos à metade e agora, no final do ano, vamos removê-lo. Demos esses sinais de que vamos reduzir os gastos com a pandemia”.

O ministro ainda afirmou que o auxílio foi criado para que os brasileiros pudessem realizar o isolamento social para o combate da pandemia.

“Acho que antes do fim do ano, vamos dar outro sinal forte de que estamos reduzindo os subsídios de forma geral no Brasil. Acho que isso vai acontecer antes do fim do ano. Será um outro sinal”, afirmou Guedes aos investidores estrangeiros.

As pessoas que começaram a receber o auxílio na primeira parcela vão receber nove no total, sendo cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima