A Voz do Povo do Oeste

ordem-para-matar-agente-penitenciario-saiu-de-dentro-da-penitenciaria-de-piraquara,-diz-inquerito

Ordem para matar agente penitenciário saiu de dentro da Penitenciária de Piraquara, diz inquérito

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Polícia Civil indiciou seis pessoas suspeitas de envolvimento no crime. Lourival de Souza foi morto a tiros dentro de casa. Lourival tinha 42 anos e foi morto dentro de casa, em Piraquara
Reprodução/RPC
As investigações da Polícia Civil apontam que a ordem para matar o agente penitenciário Lourival de Souza saiu de dentro da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), na Região Metropolitana de Curitiba.
O inquérito foi concluído na quarta-feira (9). Segundo a polícia, dois presos são suspeitos de serem os mandantes do crime. Eles estavam incomodados com ações realizadas por policiais penais dentro do presídio, de acordo com as investigações.
Lourival foi morto a tiros dentro de casa, em Piraquara, em agosto.
Segundo a polícia, três homens foram até a casa do agente. Dois deles invadiram a casa de Lourival e mataram o servidor enquanto ele tomava banhou.
Outro suspeito, de acordo com a polícia, ficou do lado de fora e rendeu pessoas que estavam em um restaurante vizinho.
As investigações ainda identificaram um sexto suspeito de participação no crime. Segundo a polícia, é um homem suspeito de ter roubado o carro usado na execução.
Inquérito
Os seis suspeitos foram indicados por homicídio qualificado, segundo a Polícia Civil.
Todos foram presos ao longo do inquérito ou tiveram os mandados de prisão cumpridos dentro da penitenciária.
Ameaças
Segundo o indicato dos Policiais Penais do Paraná (Sindarspen), Lourival foi ameaçado meses antes do crime.
Mensagens de celular enviadas pelo agente penitenciário aos colegas mostram Lourival contando que tinha sido alertado sobre as ameaças e que um carro suspeito estaria sondando a casa dele.
Lourival afirmou que viu um carro suspeito rondando a sua casa, em Piraquara
Reprodução/RPC
Na época, o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) informou que nenhuma denúncia formal chegou ao departamento, mas que preventivamente o agente foi transferido de função, para não ter contato com detentos, e que seria transferido de unidade, dentro da Penitenciária de Piraquara.
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 Paraná
Veja mais notícias da região em G1 Paraná.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima