A Voz do Povo do Oeste

secretaria-estadual-da-saude-reativa-16-leitos-exclusivos-para-covid-19-em-umuarama

Secretaria Estadual da Saúde reativa 16 leitos exclusivos para Covid-19 em Umuarama

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Dez leitos foram reabertos no Hospital Uopeccan neste sábado. No domingo (6), começam a funcionar mais seis leitos no hospital Cemil. Falta de profissionais técnicos dificulta a abertura de novos leitos. Hospital de Umuarama não consegue contratar pessoal
A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) reativou dez leitos de enfermaria exclusivos para Covid-19 no hospital Uopeccan, em Umuarama, no noroeste do Paraná, neste sábado (5). Outros quatro leitos devem ser reabertos no hospital Cemil, no domingo (6).
De acordo com a Sesa, dos quatro leitos no hospital Cemil, dois serão destinados para a ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros dois para a de enfermaria.
Ainda segundo a Sesa, a expectativa é que a cidade tenha outros dez novos leitos de enfermaria para coronavírus habilitados até a próxima terça-feira (9).
Umuarama deve receber 20 novos leitos de enfermaria até terça (8), segundo Sesa.
Divulgação/UOPECCAN
Além dos 26 leitos anteriores que serão reativados, seis leitos de UTI para Covid-19 e seis de enfermaria devem ser liberados gradativamente até 14 de dezembro, informou a Sesa.
Até sexta-feira (4), havia apenas um leito de enfermaria e um de UTI para Covid-19 disponíveis na cidade.
Dificuldades na contratação
Apesar dos novos leitos, os hospitais têm encontrado dificuldades para contratação de técnicos para atuarem nos leitos. Muitos profissionais da área estão afastados porque testaram positivo para o novo coronavírus.
De acordo com o gestor do hospital Uopeccan, Luciano Maldonado, alguns profissionais estão acumulando plantões para manter as unidades em funcionamento.
A Sesa afirmou que a falta de profissionais tem ocorrido em todas as regiões do estado e que conversa com municípios e diretores de hospitais para tentar resolver a situação.
Em nota, a Secretaria da Saúde também frisou que atua na viabilização de equipamentos e custos para manter leitos ativados e que a responsabilidade pela contratação e gestão de pessoas é dos respectivos hospitais que prestam serviços à Secretaria.
Até sexta-feira, Umuarama tinha 3.946 casos confirmados de Covid-19, com 1.608 pessoas recuperadas e 34 óbitos registrados, segundo informações da prefeitura.
VÍDEOS: Pandemia do novo coronavírus no Paraná
Veja mais notícias da região em G1 Norte e Noroeste.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Redação A Voz do Povo Do Oeste

Redação A Voz do Povo Do Oeste

Notícias que talvez Você Goste

Rolar para cima